Imagem Google Partner Imagem RD Partner Skip to main content

 

Antes de mergulharmos no mundo digital, vamos entender o que é marketing. É a partir desta compreensão que vamos explorar as transformações que ocorreram com a chegada das tecnologias digitais no campo do marketing.

Marketing é a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades do mercado por meio de produtos ou serviços que possam interessar aos consumidores. A finalidade do marketing é criar valor e chamar a atenção do cliente, gerando relacionamentos lucrativos para ambas as partes.

Philip Kotler

Acreditamos que, ao compreender os conceitos fundamentais, você estará apto a entender, selecionar e determinar quais são as estratégias mais adequadas para o contexto da sua empresa.

O que é Marketing?

Marketing é uma área da administração que se ocupa de planejar, promover e vender produtos ou serviços. Ele é responsável por identificar as necessidades e desejos dos consumidores e, em seguida, criar ofertas que atendam a essas necessidades de forma eficiente e rentável.

O marketing também inclui a comunicação com os consumidores, que pode ser feita através de diversas mídias, como anúncios na televisão, rádio, jornais e revistas, outdoors, mídias sociais e muito mais. O objetivo final do marketing é aumentar as vendas e maximizar o lucro da empresa.

O que mudou no Marketing com o digital?

O marketing digital mudou a forma como as empresas se comunicam com seus clientes. Antes, as empresas tinham pouco controle sobre a mensagem que era transmitida aos consumidores. Hoje em dia, elas têm a capacidade de personalizar a mensagem de acordo com o público-alvo e medir o sucesso das campanhas de marketing digital em tempo real. Isso permite que as empresas façam ajustes em tempo real e maximizem o retorno sobre o investimento em marketing.

O marketing digital difere do marketing tradicional em vários aspectos. Algumas diferenças importantes são:

  1. Alcance: o marketing digital permite que as empresas alcancem um público global, enquanto o marketing tradicional geralmente se limita a um público local ou regional.
  2. Métricas: o marketing digital permite que as empresas mediam o sucesso das campanhas de maneira mais precisa, fornecendo dados em tempo real sobre o desempenho das campanhas. No marketing tradicional, as métricas são menos precisas e geralmente só são disponibilizadas após a conclusão da campanha.
  3. Personalização: o marketing digital permite que as empresas criem campanhas personalizadas para diferentes segmentos de público, enquanto o marketing tradicional geralmente se baseia em mensagens genéricas para um público amplo.
  4. Interação: o marketing digital permite que as empresas estabeleçam uma conexão mais próxima com os consumidores, através de recursos como chat ao vivo e redes sociais. No marketing tradicional, a interação com o público é mais limitada.
  5. Custo: o marketing digital geralmente é mais acessível do que o marketing tradicional, pois permite que as empresas alcancem um público amplo sem precisar investir em publicidade em meios tradicionais, como televisão e rádio.

Estrutura de Marketing Digital

A criação de uma boa estrutura de marketing digital é o primeiro passo e essencial para as empresas que estão começando a implementar esse tipo de estratégia. Isso inclui a seleção de tecnologia adequada, como plataformas de marketing digital, ferramentas de automação de e-mail e chat, entre outras. Também é importante criar um site e landing pages atrativos e bem estruturados, pois eles são os principais pontos de contato entre a empresa e o cliente.

Além disso, configurar canais de mídia, como o Facebook, Instagram e Google Ads, é fundamental para alcançar o público-alvo da empresa e promover seus produtos ou serviços. Ferramentas de automação de comunicação e atendimento comercial também podem ser úteis para agilizar o atendimento ao cliente e aumentar a eficiência da equipe de vendas.

Pontos de Contato

Os pontos de contato são os locais onde o cliente pode interagir com a marca, como o site da empresa, as redes sociais, a loja virtual, entre outros. Eles são importantes porque permitem que a empresa estabeleça uma conexão com o cliente e o ajude a tomar uma decisão de compra.

Canais de Mídia

Os canais de mídia são os meios pelos quais a empresa promove seus produtos ou serviços, como anúncios online, e-mail marketing, marketing de conteúdo, entre outros. Cada canal de mídia tem suas próprias vantagens e desvantagens, e a escolha do canal certo depende do público-alvo e dos objetivos da empresa.

Jornada de Compra

A jornada de compra é o processo pelo qual um cliente passa até tomar uma decisão de compra. Ela geralmente começa com a conscientização do problema ou necessidade do cliente, seguida pelo consideração de opções e, finalmente, pela decisão de compra. A empresa pode usar diferentes estratégias de marketing digital ao longo da jornada de compra para ajudar o cliente a tomar a decisão de compra.

A Importância dos Pontos de Contato Digital e a Diferença de Ponto Físico

Os pontos de contato digitais são cada vez mais importantes no mundo atual, pois são através deles que as empresas estabelecem a conexão com seus clientes e prospects. Através de canais como redes sociais, e-mail, chat online e aplicativos, é possível estabelecer uma comunicação direta e eficiente com o público-alvo.

Diferença Ponto Físico e Digital

A principal diferença entre os pontos de contato físicos e digitais é o meio pelo qual ocorrem. Enquanto os pontos de contato físicos são presenciais, os digitais são virtuais. Isso significa que os pontos de contato físicos requerem que o cliente esteja presente fisicamente no local para ter acesso a eles, enquanto os pontos de contato digitais podem ser acessados de qualquer lugar através de um dispositivo conectado à internet. Além disso, os pontos de contato digitais permitem que as empresas coletem e utilizem dados em tempo real, o que pode ser um diferencial em relação aos pontos de contato físicos.

Exemplos de pontos de contato de marketing digital

  1. Site da empresa: o site da empresa é a porta de entrada para os consumidores online e é onde eles podem encontrar informações sobre os produtos ou serviços da empresa, bem como fazer compras.
  2. Redes sociais: as empresas podem usar plataformas de redes sociais, como o Facebook, o Instagram e o Twitter, para se conectar com os consumidores e promover seus produtos ou serviços.
  3. Email: as empresas podem usar o email para enviar newsletters, ofertas especiais e outros conteúdos aos consumidores.
  4. Anúncios online: as empresas podem usar plataformas de publicidade online, como o Google Ads, para exibir anúncios para os consumidores quando eles realizam buscas online.
  5. Aplicativos: as empresas podem desenvolver aplicativos móveis para se conectar com os consumidores e fornecer a eles acesso fácil aos seus produtos ou serviços.
  6. Apps de Mensagem: as empresas podem oferecer chat online ou WhatsApp para fornecer suporte aos consumidores e responder a perguntas em tempo real.
  7. Blog: as empresas podem usar um blog para compartilhar conteúdo informativo e promover seus produtos ou serviços.
  8. Marketing de busca: as empresas podem usar o marketing de busca, como o Google Ads, para aparecer nos resultados de busca quando os consumidores procuram por palavras-chave relacionadas aos seus produtos ou serviços.

Canais de Marketing e Canais Digitais

Os canais de marketing são os meios pelos quais as empresas estabelecem a comunicação com seus clientes e prospects, com o objetivo de promover seus produtos ou serviços. Existem diversos tipos de canais de marketing, que podem ser divididos em dois grupos principais: canais tradicionais e canais digitais.

Canais tradicionais:

  • Mídia impressa (jornais, revistas)
  • Mídia audiovisual (TV, rádio)
  • Publicidade exterior (outdoor, mobiliário urbano)
  • Eventos (feiras, congressos, promoções)

Canais digitais:

  • Redes sociais
  • E-mail marketing
  • Marketing de busca (SEO, PPC)
  • Conteúdo
  • Inbound marketing
  • Aplicativos
  • Vídeo (YouTube, Vimeo)
  • Streaming (YouTube, Twitch)

As empresas podem utilizar uma combinação de diferentes canais de marketing para atingir seus objetivos de marketing e alcançar seu público-alvo de forma eficiente. A escolha dos canais de marketing depende de diversos fatores, como o tipo de produto ou serviço, o público-alvo, o orçamento disponível e as estratégias de marketing específicas.

Tipos de Mídia

Mídia Paga

A mídia paga é qualquer tipo de publicidade paga que as empresas usam para promover seus produtos ou serviços. Alguns exemplos de mídia paga incluem anúncios no Google Ads, anúncios em redes sociais, publicidade em aplicativos móveis e anúncios em sites de terceiros e redes sociais de influenciadores. É um formato de mídia que a empresa pode colocar força para ganhar mercado, mas tem a sua concorrência aumentando a cada dia, o que faz com que fique mais caro.

Mídia Ganha

A mídia ganha é qualquer tipo de publicidade que uma empresa recebe sem pagar. Alguns exemplos de mídia ganha incluem menções em notícias, cobertura de eventos, resenhas de produtos, menções em blogs e redes sociais de clientes ou influencers, quando for espontâneo.

Mídia Proprietária

A mídia proprietária é qualquer tipo de mídia que a empresa possui e controla, como o site, app e o blog da empresa, e-mail marketing, o perfil da empresa nas redes sociais pode sofrer variação de entrega conforme há mudança no algoritmo, por este motivo existe uma fragilidade neste canal. A mídia proprietária é importante porque permite que a empresa tenha controle sobre o conteúdo e a mensagem que está sendo transmitida.

Mídia Digital ou Tráfego Pago

A mídia paga é qualquer tipo de publicidade paga que as empresas usam para promover seus produtos ou serviços. Alguns exemplos de mídia paga incluem:

  1. Anúncios no Google Ads: os anúncios no Google Ads aparecem nos resultados de busca quando os usuários procuram por palavras-chave relacionadas aos produtos ou serviços da empresa.
  2. Anúncios em redes sociais: as empresas podem exibir anúncios em plataformas de redes sociais, como o Facebook, o Instagram e o Tiktok, para atingir um público específico.
  3. Publicidade em aplicativos móveis: as empresas podem exibir anúncios em aplicativos móveis para atingir um público específico.
  4. Anúncios em sites de terceiros: as empresas podem pagar para exibir anúncios em sites de terceiros que têm um público que pode estar interessado nos seus produtos ou serviços.

A mídia paga é geralmente mais cara do que a mídia orgânica, que é qualquer tipo de publicidade que não é paga. No entanto, a mídia paga pode ser mais eficaz para atingir um público-alvo específico e para gerar resultados rápidos.

Mídia Orgânica, Conteúdo, Buscadores e SEO

A mídia orgânica é o conteúdo promovido em canais de mídia, como redes sociais e mecanismos de busca, sem o pagamento de anúncios. Ela inclui postagens em redes sociais, comentários em blogs e fóruns, e resultados de busca orgânicos nos mecanismos de busca, como o Google.

A produção de conteúdo de qualidade é fundamental para o sucesso de uma estratégia de mídia orgânica, pois ajuda a atrair tráfego do público-alvo para o site da empresa. Isso pode incluir blog posts, artigos, infográficos, vídeos, entre outros tipos de conteúdo. Além disso, é importante promover a interação com o público, como através de comentários em redes sociais e fóruns, para aumentar o alcance do conteúdo e construir uma comunidade em torno da marca.

Os buscadores, como o Google, são importantes para a mídia orgânica porque ajudam a tornar o conteúdo da empresa mais visível para o público. Quando as pessoas fazem uma busca online, os resultados de busca orgânicos são exibidos na primeira página dos resultados de busca. Portanto, é importante otimizar o conteúdo da empresa para os buscadores, usando técnicas de SEO (Search Engine Optimization), para aumentar as chances de aparecer nos resultados de busca e atrair tráfego para o site.

A mídia orgânica é importante porque pode ajudar a aumentar o alcance da marca e aumentar o tráfego do site. Ela também pode ajudar a estabelecer a autoridade da marca e a construir confiança com os consumidores.

Redes Sociais, Produção de Conteúdo e Influenciadores

Redes Sociais

Aqui estão algumas das principais redes sociais:

  1. Facebook: uma das redes sociais mais populares do mundo, com mais de 2,7 bilhões de usuários ativos mensalmente.
  2. Instagram: uma rede social baseada em imagens e vídeos, com mais de 1 bilhão de usuários ativos mensalmente.
  3. Twitter: uma rede social baseada em microblogs, com mais de 330 milhões de usuários ativos mensalmente.
  4. LinkedIn: uma rede social focada em networking profissional, com mais de 740 milhões de usuários ativos.
  5. TikTok: uma rede social de vídeos curtos e criativos, com mais de 2 bilhões de downloads em todo o mundo.
  6. Youtube: uma rede social de compartilhamento de vídeos, com mais…
  7. Pinterest: uma rede social de compartilhamento de imagens e ideias, com mais de 450 milhões de usuários ativos.
  8. WhatsApp: uma plataforma de mensagens instantâneas, com mais de 2 bilhões de usuários ativos em todo o mundo.

Produção de Conteúdo

A produção de conteúdo é o processo de criar, publicar e compartilhar conteúdo, como artigos de blog, vídeos, imagens e mensagens nas redes sociais, com o objetivo de atrair e engajar o público-alvo. A produção de conteúdo é uma parte importante da estratégia de marketing digital de muitas empresas, pois ajuda a construir uma marca forte e a se conectar com os consumidores.

Influenciadores

Os influenciadores são indivíduos ou grupos que têm uma grande base de seguidores nas redes sociais ou em outros canais online e que podem influenciar a decisão de compra de seus seguidores. Muitas empresas trabalham com influenciadores para promover seus produtos ou serviços, pois eles podem ajudar a atingir um público-alvo específico de maneira eficaz.

 

 

Time Hello

Nossa equipe é composta por profissionais apaixonados por inovação, tecnologia e marketing. Somos a principal agência de marketing digital do sul do país porque estamos sempre na vanguarda, adotando as tecnologias e estratégias mais inovadoras com rapidez e eficiência.

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário.